Exames Eletrodiagnósticos

Exames Eletrodiagnósticos

EMG

Exames eletrodiagnósticos compreendem exames usados para testar a função dos músculos e nervos. Estes exames são solicitados pelos médicos para ajudar a determinar a causa da dor nas costas ou no pescoço, dormência, formigamento e perda de força. Condições comumente diagnosticadas incluem pinçamento de nervos (radiculopatias), lesões nervosas periféricas e doenças musculares.

Eles geralmente são feitos em duas partes: um exame dos nervos, referido como estudos de condução nervosa, e um exame dos músculos, referido como eletromiografia. Eles permitem que o médico saiba como os nervos e músculos estão funcionando. Essas informações ajudam a diminuir as possíveis causas da dor e fraqueza muscular.

Estudos de condução nervosa


O exame é realizado por um médico, que o realiza colocando sensores sobre os nervos dos braços e pernas. A seguir se estimulam esses nervos com pequenos pulsos elétricos. A maioria dos pacientes relata que esses estudos são desconfortáveis, mas não necessariamente dolorosos. O médico é capaz de ver o quão rápido ou lento os nervos estão funcionando. Comparações são feitas com as médias para ver se os nervos estão funcionando corretamente.

Eletromiografia (EMG)


EMG é realizada colocando pequenas agulhas nos músculos do braço, perna ou coluna para avaliar diretamente a atividade elétrica causada por uma contração muscular. A maioria dos pacientes afirma que o efeito das agulhas parece uma cãibra pequena ou uma farpa no músculo. EMG permite ao médico avaliar o quão bem os músculos estão funcionando. Além disso, a EMG pode ajudar a determinar se os músculos estão recebendo o sinal adequado dos nervos.

Quando se indica um exame eletrodiagnóstico?


Este exame é considerado quando a razão para dor, formigamento ou fraqueza não é clara. Este estudo também pode ser usado para determinar a gravidade de uma lesão nervosa ou o quanto um nervo está sendo comprimido no pescoço ou nas costas. Ocasionalmente, outras condições podem simular um nervo comprimido nas costas ou no pescoço. Exames eletrodiagnósticos também podem ajudar a determinar se outras condições estão ocorrendo.

O que meu médico deve saber sobre mim para determinar se devo fazer estes exames?


O médico que realiza o exame eletrodiagnóstico fará perguntas sobre a natureza da sua dor, formigamento e fraqueza com a finalidade de o ajudar a determinar quais nervos e músculos testar. O médico também pode fazer perguntas sobre outras condições que podem afetar os nervos e músculos, como diabetes e problemas de tireóide. Seu médico deve saber se você já fez uma cirurgia no pescoço ou nas costas.

Existe alguma razão pela qual eu não deveria fazer esses exames?


Se acaso você estiver tomando medicamentos para diluir o sangue (anticoagulantes), o médico pode não realizar certas partes do teste. Uma vez que esse exame seja absolutamente necessário, pode ser solicitado que interrompa a medicação antes do exame. Ademais, se acaso você tiver um marca-passo ou dispositivo semelhante, certas partes do exame podem não ser executadas.

NASS 150